Semana Lixo Zero São Paulo: tá rolando e tá lindo!

Ainda faltam dois dias para terminar e parece uma década que estamos falando do assunto dos resíduos na nossa cidade. E só pra constar #resíduonãoélixo e São Paulo recicla só 3% dos seus resíduos sólidos urbanos, ou RSU.

Mas nessa semana a gente aprendeu que, se por um lado o problema é seríssimo (são 18 mil toneladas diárias de RSUs), por outro tem muita solução. E tem muita gente participando dessa jornada. Deu na Globo deu no SBT, o problema chama a atenção de todo mundo mesmo no meio das eleições.

 Burnier e Mitchel noticiando diretamente da estação de transbordo da Loga, nossa atividade de abertura.

Burnier e Mitchel noticiando diretamente da estação de transbordo da Loga, nossa atividade de abertura.

Mas entender o tamanho do problema não basta, a gente precisa caminhar muito pela cidade para conhecer as soluções. Por exemplo, você sabia que todas as unidades do hipermercados Carrefour têm pontos de coleta voluntário (os chamados PEVs) e que mesmo os resíduos perigosos como as pilhas podem ser encaminhados por la'? O mesmo é feito pelo Supermercado Quitanda em Pinheiros. Esse foi o tema do Encontro Supermercados a Caminho do Lixo Zero que a FGV hospedou na terça feira, dia 23. Todos contaram também como estão encaminhando seus resíduos orgânicos.

Você sabia que ele representa 50% do “ixo” que você gera? Isso mesmo. Então encaminhar corretamente o orgânico resolveria 50% do nosso problema. Existe uma iniciativa piloto da prefeitura para lidar com esse problema. Os dois pátios de compostagem, na Lapa e na Sé são incríveis. Na quarta-feira, debaixo de chuva, fomos conhecer a compostagem termofílica em leiras (oi? ) do Pátio da Lapa. São como grandes “canteiros” impermeabilizados e tratados com cuidado para receber os resíduos das feiras livres. Eles acomodam também os restos de podas feitas em parques e praças, que são essenciais, para compor as camadas dessa espécie de “lasanha” que favorece a atuação dos microorganismos. Eles aqueçem e processem o resíduo. Só na Lapa, são 10 toneladas de resíduo por dia recebidos e tratados da forma mais adequada. É suficiente? Para São Paulo não, mas, para 95% das cidades brasileiras, esse tamanho de pátio já seria suficiente para tratar todo o seu resíduo.

É tão importante que o tema lotou o auditório da Câmara na segunda-feira, com o pessoal da Eccaplan, da Morada da Floresta, a Vereadora Soninha Francine (nossa anfitriã!) e o pessoal da Amlurb dando um panorama do cenário da compostagem na nossa cidade que incluiu um histórico dos nossos traumas. Quem lembra do fedor da antiga usina da Leopoldina?

Hoje o sistema adotado pela prefeitura é totalmente diferente, baseado no modelo da UFSC e está sendo estudado, monitorado e visitado por representantes de outras cidades. Se o pessoal questionou a Amlurb? Muito! Afinal, eles são a autoridade de limpeza urbana da nossa cidade, mas o clima era de diálogo e entendimento. Coisa rara por esses dias.

camara compostagem

Muito mais ainda está para acontecer! Semana que vem começaremos a soltar artigos sobre os conteúdos mais importantes da semana, que incluiu ainda conversas sobre restaurantes, hospitais e escolas.

Você ainda pode participar verificando a programação no Facebook @Lixozerosaopaulo. Amanhã ainda vamos falar de upcycling têxtil, tem sessão de cinema na FMU e sábado tem plogging no Ibirapuera. Agora mesmo acontece conversa sobre Microplásticos. Tenho que correr. Mas antes, um pequeno depoimento: o melhor de tudo é ver que tem solução e ela passa pelo reconhecimento de que os resíduos urbanos são resíduos humanos e é o diálogo, algo tão básico, é que vai ajudar a resolver tudo isso.

Nos vemos nos próximos eventos!

 O SBT visitou a cooperativa You Green com a gente.

O SBT visitou a cooperativa You Green com a gente.

A Semana Lixo Zero é promovida em São Paulo pelo Instituto Lixo Zero, a Abraps e a Casa Causa com o apoio dos portais Ecoera e Ciclo Vivo.